PT EN

Beatriz Albuquerque

2015

Festim do Chá

O festim do Chá, cria um espaço público comunitário para que os participantes compartilhem as suas memórias gastronómicas. A partilha e participação da comunidade na construção de novas experiências e memórias gastronómicas conduz à criação de um espaco de diálogo activo. Expressando as suas vivências e construindo uma conversa colectiva, permite a criação de um espaço de partilha, diálogo e reflexão gastronómica acerca do paladar, sabores e cheiros da comida do passado e presente.

Bio

Beatriz Albuquerque (Portugal) é conhecida pelas suas práticas interdisciplinares entre a performance e cross media e encontra-e neste momento a tirar o Doutoramento na Columbia University em Nova Iorque com uma Bolsa da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e anteriormente com uma Bolsa da Fulbright. 

Ela foi galardoada com o Prémio Myers Art Prize: cross media, Columbia University, Nova Iorque (2014) assim como o Prémio Revelação pela 17a Bienal de Cerveira: Arte: Crise e Transformação, Portugal (2013) e com o Prémio de Performance Ambient Series, PAC/edge Performance Festival, Chicago (2005). 

Beatriz Albuquerque realizou várias exposições individuais e colectivas, destacando-se alguns lugares onde a artista apresentou trabalho: Museum of Contemporary Art of Chicago, Chicago Cultural Center, Chelsea Art Museum (Nova Iorque), Emily Harvey Foundation (Nova Iorque), Poets House (Nova Iorque), Rooster Gallery (Nova Iorque),10th International Istanbul Biennial, 2nd Thessaloniki Biennale of Contemporary Art, MUBE Museu Brasileiro da Escultura (Sao Paulo), National Museum em Ghana, Museo de Arte Contemporanea de Bogota, Museo de Arte Contemporanea de Caracas, Festival Trama no Porto, Cabinet Magazine Brooklyn, MASS MoCA (North Adams), ArtCenter/South Florida (Miami), entre outros.