PT EN

Filipe Braga

2011

Cristo

A obra representa uma crucificação num espaço temporal contemporâneo, sem sangue,  sem pregos, onde o sofrimento é transmitido pela expressão facial e corporal. O modelo utilizado é um homem  que vive nas ruas e representa a disceiminação pelos dedos apontados de uma sociedade actual ou uma auto- vitimização que culmina numa crucificação social contemporânea.

A cruz é uma obra pintada pelo artista plástico Luís Zuluaga, que contribui  de forma inequivoca para esta fotografia, tornando-a num objecto de arte híbrido.

Bio

Filipe Braga, nasceu em 22-12-1972 no Porto.

Curso de Artes Gráficas na Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis.

Masterclass Kodak 

Iniciou a sua atividade na música em 1990 como baterista autodidata e só mais tarde teve formação com o percussionista Paulo Coelho, entre outras pequenas formações pontuais.

Percorreu vários projetos musicais desde o rock, passando pelo Blues no projeto "The Gama gt Blues Project" e atualmente integra a formação da banda "HEYLEL", num estilo mais alternativo e progressivo.

Conta com experiência em inúmeras atuações ao vivo e gravação de discos.

Paralelamente exerce a atividade de fotógrafo profissional na fundação de Serralves desde 2008, onde para além de trabalhar com artistas plásticos teve a oportunidade de fotografar muitos ensaios e atuações de grupos de teatro, performance e concertos de artistas conceituados.