PT EN

Márcio Paranhos

2013

Logos

Logos” é a palavra utilizada por Héraclito, filosofo grego pré-Socrático, definindo o principio cósmico que confere ordem e racionalidade ao mundo. Para Héraclito, o Universo encontra-se em constante fluxo, em mudança constante, sendo a realidade apenas uma mera sucessão de estados temporários.
Numa abordagem física, “Logos” é representado por uma escultura de luz que irá reagir aos diferentes estímulos que o espaço impõe. Num espaço minimal e repleto de incerteza, os elementos dialogam entre si na procura de compreender o espaço e estender o fluxo constante na percepção do observador, que se compreende como um elemento fulcral do momento.

Bio

Márcio Paranhos é um artista Digital, Português. Licenciado em Multimédia, os seus trabalham combinam múltiplas formas de expressão em conjunto com as novas tecnologias, como forma de interagir com o observador. Os seus principais interesses focam-se essencialmente em Live-performance, vjing/live cinema, e instalações interativas, onde desenvolveu alguns projetos e colaborações. Criar novos mundos, frutos da interpretação do que nos rodeia é um elemento crucial dos seus trabalhos.