PT EN

Tiago Frois

2011

Instalação sonora informal para composição não justificada

Especificidades físicas do Lugar/Não Lugar
Utilização de elementos presentes para criação de situação/ões escultorico-sonoras
Criação de macros sonoros.
A existência da Obra de Arte, da Paisagem e do Lugar dependem integralmente de presença do espectador, contemplador, habitante, interagindo de imediato através de projecções mentais, empíricas e racionais, originando relações metafóricas.

Bio

1978

É formado em Escultura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Os seus principais domínios de trabalho e investigação encontram-se no campo da Fotografia, mas também na escultura e nas intervenções no lugar. Exerce direcção artística na Associação Cultural de Arte e Comunicação - Oficinas do Convento, onde desenvolve trabalho de coordenação geral e programação de projectos transdisciplinares dos quais se destaca o evento Ananil e Cidade PreOcupada e ciclos de programação associados à Arte Contemporânea, Paisagem e Lugar.