PT EN
» Edição 2017 » Locais

Locais

O Encontrarte Amares propõe uma descentralização dos espaços de apresentação. 

Para tal, foram identificados espaços alternativos fora do circuito convencional, estabelecendo-se através destes, fortes relações com a paisagem e o carácter arquitectónico do lugar,  almejando o estabelecer de uma relação mais intimista entre o público e a própria paisagem construída ou natural.

Assim, além dos espaços já habituais de mostra artística como a Casa da Botica, a Cruz Vermelha, o Auditório Conde Ferreira, a Biblioteca Municipal Francisco Sá de Miranda e a Casa de Tijolo, irá apresentar-se também nos seguintes espaços:

Palco 1 – Escadaria adjacente à Biblioteca (espaço de projecção e cinema ao ar livre)

Palco 2 – Tanques Públicos (espaço localizado entre terrenos de cultivo e zonas de animais, onde a presença da água e a escala intimista, podem servir de cenário a pequenos concertos, peças de teatro ou performance)

Palco 3 – Piscinas de Amares (espaço dedicado a projectos musicais, lazer performance e mergulho)

Palco 4 – Nossa Sr.ª da Paz (espaço localizado no topo do monte, enquadrando a Vila de Amares e uma típica riqueza verdejante deste território, que se assumirá como plano de fundo para projectos musicais e teatro)

Palco 5 – Pedreira do Monte da Nossa Sr.ª da Paz. (espaço de elevada riqueza visual,  onde se poderão desenvolver projectos de maior escala, numa confluência de disciplinas: teatro, luz e som, instalação, música, performance, etc…)

Palco 6 – Ilha de Figueiredo (espaço da praia fluvial junto ao Rio Cávado, onde a areia, a água e um manto verde se assumem como paisagem, um local perfeito para refrescar e descansar)

Palco 7 - Tasco do Sr. Cunha - adega ou casa de pasto, espaço tão típico como se pode imaginar. O bacalhau frito, a broa, os rojões, o Vinho Verde servido em malga e um bom concerto para acompanhar…